Postagens

Narrativa 3 - Entrevista

Imagem
Rompendo Limites
A escolha de alguém para ser entrevistado foi um pouco difícil para mim, visto que eu queria alguém desconhecido ou pouco íntimo meu, mas logo percebi que a falta de proximidade com o entrevistado seria um entrave, pois não me permitiria perguntar tudo o que gostaria saber. Por isso, eu escolhi a pessoa mais próxima e íntima da minha vida: minha mãe. Crismelia Pereira, 50 anos, dona de casa, sexta filha de sete irmãos e viúva. Comecei perguntando aela como havia sido sua experiência com aleitura na escola e, segundo seu relato, ela não teve uma experiência positiva ao longo da sua vida escolar, pois a leitura era enfadonha e baseava-se apenas nos textos para a resolução das atividades. Além disso, ela não teve incentivo de sua família pela leitura e pelos estudos como um todo. Ela não percebia uma finalidade em estudar, pois era pobre e sua mãe sempre lhe dizia que mulher tinha era que casar. Devido a isso, ela estudou pouco, cursando até a sexta série do ensino fundam…

Resenha

Imagem
FICHA TÉCNICA                                   Autora: Eleanor H. Porter                                                    Editora: Nacional Páginas: 181 Gênero: Literatura Infanto-Juvenil

O livro "Pollyanna"(1913) de autoria da escritora americana Eleanor H. Potter é um clássico da literatura infanto-juvenil e narra a história de Pollyanna Whittier, uma menina de 11 anos que fica órfã de pai e mãe e vai morar na casa de sua tia Polly, uma mulher rica, amarga e intransigente, que recebe a menina como uma obrigação. Pollyanna, por sua vez, é uma menina encantadora que conquista a todos os corações ensinando o "jogo do contente", um jogo que aprendeu com seu pai e que consiste em encontrar algo de bom em tudo o que acontece, mesmo nas piores situações. Por meio de uma linguagem leve e cativante essa é daquelas leituras que nos prende do início ao fim. Para mim, um dos pontos principais do livro é que muito mais que se conformar com tudo, Pollynna nos ensina a ter um nov…

Diário de Bordo - Aula 11

Na aula de hoje, dia 10/04/17, nós assistimos ao filme, com direito a pipoca, chocolate e suco, “Snowden- herói ou traidor”. Um filme biográfico que retrata a história real de Edward Snowden, um ex-agente da CIA que denunciou o esquema de vigilância global por parte do governo americano e que atualmente vive refugiado na Rússia. Apesar de já ter conhecimento dessa história, esse filme foi bem esclarecedor para mim, pois havia muitos detalhes que eu ainda não conhecia. E confesso que me deixou meio receosa quanto a minha privacidade e o uso das tecnologias. Logo após a exibição do filme, a professora discutiu a respeito da apropriação cultural e uso das tecnologias na educação, na qual a verdadeira educação é aquela livre de interesses econômicos, isto é, uma educação para uma apropriação ascendente e que é desenvolvida para o bem. Por fim, a professora explicou mais sobre elaboração da resenha do livro que apresentamos na roda de conversa.



Diário de Bordo - Aula 10

A aula de hoje, 03/04/17, iniciou-se com a professora Andréa explicando mais sobre a elaboração da terceira narrativa que teremos que fazer para o blog, que consistirá numa entrevista a uma pessoa mais velha, relatando sobre suas experiências e relação com a leitura. Em seguida, a professora discutiu a temática relação texto e imagem, explicando os conceitos de ancoragem, ilustração e relay. Além disso, ela falou sobre o bom e mau usos das  tecnologias na educação e o conceito  cibercultura. Logo após, a professora leu e comentou alguns dos diários de bordo publicados nos blogs, destacando aqueles que já estavam conseguindo relacionar texto e imagem em suas publicações. Finalmente, tivemos a roda de conversa, da qual eu fui uma das participantes e falei sobre o livro Pollyanna.

Diário de Bordo - Aula 9

Hoje, dia 27/03/17, foi o dia das apresentações das narrativas digitais produzida pelosgrupo da turma, inclusive o meu. E eu fiquei impressionada com a criatividade e qualidade das narrativas produzidas, era uma melhor que a outra. Até a professora comentou e disse ter ficado emocionada. Além das apresentações, a professora discutiu também mais sobre o conceito de interdiscurso, visto que esse que foi um dos questionamentos da prova da semana passada. Em seguida, ela leu, comentou e entregou as provas. E eu fiquei aliviada com a minha nota, pois não esperava pela boa nota que recebi. Por fim, a aula encerrou-se com a roda de conversa.

Diário de Bordo - Aula 8

Hoje, dia 20/03/17, tivemos a nossa prova escrita e a professora Andréa não foi, por isso a prova foi aplicada pela monitora Thatiane. E eu confesso não esperar um bom resultadodessa prova, já que estava um pouco nervosa durante a realização e li os textos da disciplina de última hora. Mas agora é só esperar e torcer para o bom coração da professora.

Diário de Bordo - Aula 7

A aula de hoje, 13/03/17, infelizmente, eu não pude assistir até o final, pois  estava me sentido mal e com febre e fui embora mais cedo.